Como organizar posts - um GUIA completo para bloggers

terça-feira, 25 de setembro de 2018


Qual o processo para organizar os posts do blog?


1. TER UM CADERNO DE ORGANIZAÇÃO

A minha primeira dica é que vocês tenham um caderno que seja exclusivamente para o blog e onde vocês possam anotar ideias de posts, planear projetos - como colaborações, por exemplo - e planear os próprios posts. Aconselho a que façam sempre um rascunho com todos os tópicos que querem falar, que imagens querem incluir e que outros links querem indicar.

2. TER UMA AGENDA/CALENDÁRIO EDITORIAL

Óbvio que eu tinha que falar nas agendas (vocês já me conhecem). Mas o que eu quero mesmo reforçar é a importância de vocês terem um calendário editorial - que não é nada mais do que um planner mensal onde vocês apontam os posts que vão publicar e os dias em que o vão fazer. Isto ajuda-vos a conseguirem organizar o vosso tempo e o vosso mês, para que se lembrem sempre de preparar o post com antecedência.

Podem fazer o vosso próprio planner através de uma tabela no Word, por exemplo, ou podem pesquisar no Pinterest onde vão encontrar vários modelos.

3. FAZER LISTAS DE TÓPICOS

Como já disse, acho extremamente importante e útil fazer um rascunho do post antes de o escrever. O que costumo fazer é uma lista com todos os tópicos que quero referir, mesmo que o post não seja em formato de lista, e assim tenho a certeza de que não me esqueço de falar de nada. Também aponto sempre nessa lista os links que vos quero indicar, como sites ou outros posts.

4. CRIAR FOTOS OU IMAGENS PARA AS VÁRIAS REDES SOCIAIS

Isto é mais importante do que possam pensar, primeiro porque cada rede social tem um formato de imagem próprio - o Instagram usa fotos quadradas enquanto o Pinterest usa fotos na vertical - e segundo porque divulgar com a mesma foto em todas as imagens acaba por se tornar um bocadinho aborrecido para os vossos seguidores certo? O segredo está em otimizar o conteúdo que publicam em cada uma das vossas redes sociais.

5. PLANEAR A MELHOR DIVULGAÇÃO

Tenho estudado muito sobre isto ultimamente, através de outros blogs e principalmente do Pinterest. É importante que pensemos em como vamos divulgar o nosso post, seja pelas imagens ou mesmo pelo texto que escrevemos, uma vez que as pessoas que nos seguem nunca são as mesmas em todas as plataformas e diferentes tipos de público exigem diferentes tipos de abordagem.


6. ESTUDAR SOBRE OS HORÁRIOS

Já falei sobre isto noutros posts e, na verdade, não há um horário certo para vocês publicarem o vosso conteúdo. A única coisa que podem fazer é estarem atentas às vossas estatísticas - se tiverem uma conta comercial no Instagram conseguem ver isto - e saberem em que dias e a que horas os vossos seguidores estão mais ativos para terem mais hipóteses de que aquilo que publicam é visto por mais pessoas.

SIGAM O BLOG PARA VEREM MAIS CONTEÚDO COMO ESTE 

7. TER UM DIA FIXO PARA PUBLICAR

Quem diz um dia diz dois ou três. Devem dizer a vosso público em que dias publicam porque esta é uma forma de criarem uma rotina, não só para vocês próprias - ajuda muito na vossa organização pessoal - mas também para quem vos acompanha, porque as pessoas habituam-se a ver posts nesses dias. Eu publico sempre à quarta-feira entre as 10h e o meio-dia.

8. CRIAR UM BANCO DE IDEIAS

Isto serve para aqueles dias em que vocês se sentem menos inspiradas e não fazem mesmo ideia do que escrever. Vários blogs já fazem isso para ajudarem outras bloggers, mas o melhor é mesmo criarem o vosso próprio banco de ideias. Como?No caderno do blog separem algumas folhas para o fazerem, anotem todas as ideias soltas que vão surgindo e vão ver que nunca mais vão ficar sem o que escrever.

9. CRIAR CHAMADAS DE ATENÇÃO

Um post com o texto não formato é totalmente aborrecido. É fundamental que chamem à atenção de quem está a ler, através de palavras em negrito, noutras cores, fundos diferentes e imagens, por exemplo. Toda a gente quer que os posts sejam lidos até ao fim e esta é uma forma de se certificarem de que isso acontece.

10. ESCOLHER UM TÍTULO APELATIVO (SEO)

Em breve irei falar mais acerca do SEO aqui no blog. Mas por enquanto posso dar-vos esta dica: criem títulos apelativos para os vossos posts. Geralmente títulos que incluam números, perguntas - "como", por exemplo - ou que criem expectativas (VERDADEIRAS POR FAVOR) a quem os lê atraem mais visitantes para os vossos sites.

11. SER CONSISTENTE

Por último, mas não menos importante, a minha dica é que sejam consistentes. Dizem que vão publicar em tal dia? Publiquem nesse dia. Dizem que vão abordar certo assunto no blog? Abordem mesmo e façam com que o vosso público volte. Não fiquem sem aparecer sem dar justificações a quem vos segue, não abandonem as redes sociais sem mais nem menos. O vosso público quer conhecer-vos e encontrar em cada blogger alguém verdadeiro e em quem pode confiar, por isso sejam vocês mesmas.

E para vocês, qual é o processo mais indicado na hora de organizar os posts do blog?

O que levar para estudar fora? + checklist para baixar



Decidi começar por este post de forma completamente aleatória, mas não podia deixar de o fazer. Tive algumas dificuldades em saber o que devia levar quando me mudei o ano passado, cometi muitos exageros (raramente senti falta de algo porque sou dessas que leva sempre tudo a mais) e quero mesmo poder ajudar-vos nisto!

No final podem encontrar uma checklist para fazerem download para o vosso computador ou telemóvel e terem a certeza de que não se esquecem de nada quando estiverem a fazer as malas.

O que levar para estudar fora?


1. Kit de primeiros socorros

Sim, é fundamental, mesmo! Devíamos ter um estojo com medicamentos e esse tipo de coisas sempre à mão, no carro, em casa ou até no dia-a-dia. Nunca sabemos quando vamos precisar. 

Aqui podem incluir medicamentos para dores (no geral), para alergias (se forem como eu e precisarem mesmo disto), pastilhas para a garganta e, isto é importante, imodium! É daqueles medicamentos que tomamos raramente mas que quando faz falta é essencial ahah podem também incluir álcool, água oxigenada, compressas, biafine, algo contra as picadas de mosquitos... 

2. Produtos de higiene

Aqui claro que é à vossa escolha e depende muito das vossas necessidades. Eu sou exagerada mesmo e tinha muita coisa, mas se virem que não precisam de muito melhor ainda! Na checklist vão encontrar coisas que eu recomendo levar, mas lembro que se vão partilhar casa e se não têm uma casa de banho só para vocês, convém levarem um cestinho ou uma necessaireonde possam ter tudo sempre que vão tomar banho. 

3. Roupa

Claro, é mais do que óbvio, mas, por favor, não exagerem! Montem sempre os looks para a semana (se forem a casa todos os fins-de-semana) e assim evitam levar uma tonelada de roupa desnecessáriaRecomendo terem sempre mais um par de calças e umas camisolas caso aconteça algum imprevisto. Mas no geral, é a roupa para o dia-a-dia, um look mais formalcaso tenham alguma apresentação de trabalho ou reuniões importantes, um ou dois conjuntos para sairem à noite e é isso. 

Outra coisa, se forem participar na praxe é importante terem roupa velha e confortável à mão. Mesmo que a praxe não seja suja vão sentar-se muitas vezes no chão e é sempre melhor estarem à vontade.

Por fim, definam como vão fazer com a lavagem da roupa. Muitas casas já têm máquina de lavar, outras, como no meu caso - estava a morar num T0 -, as máquinas eram comuns a todo o edifício e tinha de pagar um valor para as utilizar. Então eu trazia sempre a roupa para lavar ao fim-de-semana, nunca lavei a roupa lá. Mas têm de perceber o que é melhor para vocês.

4. Material de estudo/escritório

Isto também é muito importante porque afinal, vocês vão estar lá para estudar! Então não se esqueçam dos itens básicos, acrescentem post-its, sublinhadores, agrafador, clips, folhas para resumos... essas coisas que eu adoro (e óbvio que tinha mais do que uma gaveta com este tipo de coisas). Se tiverem oportunidade de levar uma impressora vai dar muito jeito! Às vezes os professores mandam material à noite para levar no dia seguinte e não dá tempo de passar em algum lado para imprimir.

5. Roupa de cama/toalhas

6. Louça e coisas para a cozinha

Primeiro tentem perceber se já existe alguma coisa na casa para onde vocês vão. Depois, se forem dividir casa com amigos, tentem dividir também aquilo que cada um pode levar. Caso isso não aconteça, levem o essencial para vocês mesmos(sem exageros!) - vou deixar sugestões na lista também.

7. Coisas para o quarto

Aqui podemos falar de decoração, ou não. Há coisas que pode dar jeito vocês terem no quarto para o deixarem mais acolhedor: um candeeiro de secretária, umas almofadas, uma mantinha, alguns objetos decorativos. Fica ao vosso critério.


8. Estendal

Se forem lavar a roupa por lá certifiquem-se de que têm um sítio onde a podem estender ok? Se a casa tiver um espaço exterior podem comprar um estendal pequenino e assim estendem a vossa roupa à vontade.

9. Eletrónicos

Eu sou muito preocupada com isto. Afinal preciso de estar sempre contactável e não vivo sem o meu computador. O mais importante na minha opinião é terem dois carregadores de telemóvel (podem ter o azar de algum se estragar), um carregador de computador suplente (desde de que me esqueci do meu no Porto passei a ter um aqui e outro lá e deu imenso jeito), cabos USBfones para ouvirem música à vontade, uma tripla caso tenham poucas tomadas no quarto e umapower-bank

Também é fixe terem uma lanterna à mão! Eu comprei uma que carrega com a energia solar e ainda tem entrada USB - assim se falhar a luz podem carregar o telemóvel!

10. Material de limpeza

11. "Gaveteiro"

Ok, acho que não é assim que se chama. Mas sabem aqueles blocos de gavetas de plástico que existem à venda em qualquer loja dos chineses? Então, é isso! Eu levei dois: um para ter mais espaço de arrumação no guarda-vestidos e um para ter arrumação na casa de banho. Se tiverem apenas um quarto vosso acho que é uma opção excelente para terem mais espaço para organizarem as vossas coisas e podem guardar de tudo: desde as coisas da faculdade até toalhas e roupa de cama.

12. Cestos plásticos

Também são uma forma muito boa de otimizar o espaço dentro das gavetas ou dos armários. Comprei uns 6 de vários tamanhos no DeBorla e deram um jeito enorme!

13. Cabides de colar na parede

Aqueles ganchinhos de metal ou plástico que servem para pendurar coisas. Esses mesmos. Tinha-os espalhados pela casa, sobretudo dentro do guarda-vestidos, nas portas, onde pendurava o meu pijama, robe, cintos e essas coisas. Também podem comprar um daqueles grandes de prender na porta para colocarem malas e casacos (deixam atrás da porta do quarto).

14. Aspirador portátil

Pode parecer exagero, mas juro que não é! A maioria das casas têm aspirador, mas às vezes é simplesmente desnecessário pegarmos no aspirador gigante para aspirar o chão do quarto. As meninas devem entender-me: o meu quarto ficava cheio de cabelos a toda a hora. Com o aspirador portátil podia aspirá-lo a qualquer hora e mantinha sempre o quarto limpo - o que também ajudava nas minhas alergias.

15. COMIDA!

Este post já ficou enorme (mas beeem completo, admitam ahah), por isso aqui fica a checklist:

Checklist do que levar para estudar fora



Como atingir metas reais?



Definir metas é algo que faço quase diariamente.
Não só para o blog, claro, mas também na minha vida pessoal e profissional.
Gosto da sensação de dever cumprido, a ponto de ser quase viciada em fazer listas e ir riscando à medida que cumpro as minhas tarefas.
Mas falando de metas a longo prazo: sei que nem sempre é fácil focar no objetivo e muitas vezes acabamos por nos perder. Tenho lido e pesquisado muito sobre este assunto, porque pretendo realizar alguns big deals este ano. Por isso, aproveitando que estamos agora mesmo a começar o ano, decidi trazer este post para vos dar um boost de inspiração.

Como é que conseguimos atingir metas reais?


1. Planear


É o mais óbvio, mas é o ponto fundamental que deve estar presente sempre se queremos realmente chegar à meta. Seja numa agenda, num planner ou num caderninho qualquer, escrevam a vossa meta e pensem, o que é que preciso de fazer para realizar isto?
Juntar dinheiro, pesquisar sobre o assunto, procurar um voo a um bom preço... Façam este exercício e por fim dividam a vossa meta em partes. Até dia X tenho que fazer tal coisa (ex: Até ao final de Maio tenho de juntar 200 euros).

2. Fazer orçamentos


Claro que nem todas as metas incluem gastar dinheiro. Mas se a nossa meta o exige é preciso que saibamos exatamente quanto vamos gastar. E é bom que para além desse dinheiro consigam algum extra. Por exemplo, se querem comprar um carro, mesmo que o vosso limite seja os 3000€, têm ainda que ter dinheiro para a gasolina e para algum azar ou avaria que possa existir certo?

3. Não sobrepor metas


Por vezes ficamos tão entusiasmados com vários assuntos ao mesmo tempo que acabamos por querer fazer o impossível.Tenham em conta que vocês não são máquinas e também precisam de momentos de descanso. Façam um horário e vejam o que cabe no vosso dia (que só tem 24h!) e, quanto ao dinheiro, não se esqueçam que também precisam de ter algum para o vosso dia-a-dia.

4. Trabalhar com um foco


Mais uma vez, se querem ver o vosso objetivo cumprido, é necessário fazer por isso! Pode ser até alcançar um X número de seguidores no blog. Mesmo assim têm que apostar em posts com bom conteúdo, do interesse dos vossos leitores, boas imagens, boa divulgação... Um conjunto de coisas que só se conseguem com muito esforço e dedicação.

5. Celebrar cada conquista


Como disse ali atrás, dividam a vossa meta por partes e sempre que conseguirem cumprir um desses pequenos objetivos celebrem com uma coisa simbólica!

O que é que consideram indispensável para alcançar um objetivo? 

3 aplicações para gerir dinheiro



Poupar dinheiro nem sempre é fácil, e geri-lo também não é uma tarefa simples. Por isso, e porque ando sempre à procura de novas formas simples e eficazes de poder gerir e organizar tudo e mais alguma coisa, decidi mostrar-vos três aplicações que experimentei recentemente.

Estas aplicações são uma forma rápida de poderem ver um resumo geral das vossas contas e ir adicionando de forma fácil despesas e rendimentos.

1. GASTOS (grátis)

Esta aplicação é a mais simples das três. Permite gerir os rendimentos e as despesas de acordo com a categoria que preferirem. Funciona assim: em cada secção e para cada quantia que entrar ou que sair, basta adicionarem um novo registo, categorizá-lo e dizer qual foi o montante.
É ideal para quem quer uma coisa eficaz mas sem muitas opções.

SIGAM O BLOG PARA VEREM MAIS CONTEÚDO COMO ESTE 

2. SPLITWISE (grátis)

Esta é uma app um pouco diferente: serve para organizar projetos em grupo. Por exemplo, se vais de férias com os teus amigos e vão dividir as despesas, crias um projeto com o nome "férias" e adicionas os contactos deles. Cada um pode ir adicionando novas despesas que depois são divididas automaticamente por todos.


3. MINHAS ECONOMIAS (grátis)

Esta é a opção mais completa. Podem gerir tudo e mais alguma coisa (transferências, receitas, despesas, etc) de acordo com data (dia, semana ou mês) e categoria - é bastante específica neste aspeto, por exemplo, na categoria alimentação, podem escolher se foi um almoço, café, lanche e assim.
Podem ainda adicionar outras opções, como lembretes, metas/sonhos para os quais querem juntar dinheiro e ver gráficos detalhados com todos os movimentos.

Usam alguma destas aplicações ou outra para gerirem o vosso orçamento mensal?  

10 ideias de posts para blogs de moda



Guess what? Hoje trago o primeiro post para ajudar azamigas bloggers! Isso mesmo! Vou trazer vários e vão poder consultar todos ali em cima,  clicando na categoria blogger tips.

Não há nada pior do que querer escrever e não saber sobre o quê, certo? Por isso vou fazer uma mini série com várias ideias de posts de acordo com cada tipo de blog. Para isso vou precisar da vossa ajuda ok? Se tiverem um blog comentem aqui em baixo em que categoria de insere (moda, beleza, lifestyle...).

SIGAM O BLOG PARA VEREM MAIS CONTEÚDO COMO ESTE 

Para começar trago 10 ideias de posts para blogs de moda. Tentei ser bem criativa - não me julguem - mas toda a gente que tem um blog de moda já posta fotos de look, compras e esse tipo de coisas certo? Então estas ideias são um pouco diferentes:

1. Lista de produtos que são um sonho de consumo
2. Instagrams de moda favoritos
3. Inspirações para fotos de look diferentes
4. Lojas online favoritas
5. Tendências que não usariam por nada
6. Cidades onde gostavam de fotografar os vossos looks
7. Peças essenciais no armário de uma blogger de moda
8. Compilação de looks para férias
9. História engraçada sobre um look/uma peça de roupa
10. Blogs de moda que acompanhas diariamente
Têm mais ideias criativas que podem ajudar outras bloggers? Deixem nos comentários!

E se tiverem alguma sugestão de post não se esqueçam de partilhar para que outras bloggers possam ver! Um beijinho 

Método Kanban - O que é e para que serve?

segunda-feira, 24 de setembro de 2018



método Kanban é um método japonês que tem como objetivo ajudar na organização e no planeamento, em qualquer área da nossa vida.


COMO FUNCIONA O MÉTODO KANBAN?




A palavra Kanban significa registos ou placas. Por isso o Kanban funciona através de um mural (pode ser um quadro magnético, de cortiça, ou até mesmo uma folha de papel) que é dividido em três partes: por fazera fazer (aquilo que está a ser feito no momento)feito. No método original, pelo que percebi, são usados post-its de cores diferentes para cada secção, mas em métodos mais recentes e originários deste já são usadas apenas cores de canetas diferentes, por exemplo.
grande diferencial deste método é que permite uma espécie de organização visual, já que vocês têm as tarefas divididas em secções e cores distintas. Vejam o exemplo:



As alternativas mais modernas do método defendem ainda que podem ser usadas colunas extrapara fazer hoje e a aguardar agendamento.


QUAIS SÃO AS VANTAGENS DESTE MÉTODO?


1. Ajuda-nos a ser mais produtivos, porque sabemos exatamente aquilo que temos que fazer e vamos vendo também aquilo que já concluímos.

2. Ajuda-nos a organizar o nosso tempo - pode ser o dia, a semana ou o mês - e a nossa mente, porque mais uma vez temos todas as tarefas num único sítio.

3. Dá-nos motivação para realizar os nossos projetos, já que podemos ter como objetivo, por exemplo, numa semana ter todas as tarefas na secção feito.

4. Pode ser usado em qualquer âmbito - pessoal, profissional, etc - e para qualquer tipo de tarefas, até as domésticas.

Conhecem algum outro método que possa ser usado para aumentar a produtividade? Comentem aqui! Um beijinho 
© planyar. Design by FCD.