Ensino Superior em Portugal - Especial para Brasileiras(os)

quinta-feira, 20 de setembro de 2018


Oi diretamente de Portugal para todos os estudantes brasileiros que me seguem: o post de hoje é especial para vocês!

Tenho vindo a reparar que a maioria dos meus leitores aqui no blog são do Brasil, e, sendo que um dos grandes temas que abordo é a escola e a faculdade, nada mais justo do que fazer um texto para eles. Hoje vou falar acerca do Ensino Superior em Portugal e dar algumas dicas de como vocês podem vir estudar para cá.

O que acontece antes da faculdade em Portugal?


Ao contrário do Brasil, em que os estudantes passam pelo Ensino Médio antes de entrarem na faculdade, e têm que fazer um exame geral - que engloba todas as matérias - para poder candidatar-se a uma universidade, aqui temos algumas diferenças.
Antes da faculdade, os estudantes em Portugal fazem três anos de Ensino Secundário. Neste nível temos duas opções: o ensino regular e o ensino profissional. Seja qual for a nossa opção, é neste momento que podemos escolher uma área que queremos estudar: no ensino regular as opções principais são Línguas, Ciências e Sócio-Económicas; no ensino profissional os cursos são diversos, basicamente corresponde a um curso técnico, em que podemos estagiar e acabamos com um diploma.
Quanto ao ensino regular, no 2º ano de ensino secundário e no final do 3º fazemos obrigatoriamente exames nacionais cuja nota permite que nos candidatemos à faculdade. Caso os estudantes do ensino profissional queiram candidatar-se a um curso superior, também o podem fazer, basta fazerem os exames de acesso, que são iguais aos do ensino regular.
Portanto, ao contrário do ENEM, que é uma prova de conhecimento geral de várias áreas, os exames/provas que fazemos são específicos da área que decidimos estudar antes de entrarmos no secundário.

Quais são as opções no ensino superior?


Existem imensas opções a nível de cursos superiores em Portugal: universidades públicas e privadas em praticamente todos os distritos. Os principais são Porto, Coimbra e Lisboa. Nestas cidades têm faculdades de todas as áreas, desde a Medicina ao Direito, passando pelas Engenharias e pelo Marketing e Jornalismo, que é o meu caso.
Também é importante dizer que existem dois tipos de ensino, que se diferenciam em alguns pontos. Os Institutos Politécnicos, em que fiz o meu primeiro curso, são mais uma mistura do teórico e do prático. As Universidades geralmente têm mais a componente teórica, mas algumas, como a Universidade de Coimbra - onde estudo atualmente - oferecem uma grande diversidade de unidades curriculares das quais vou falar daqui a pouco.
Várias universidades portuguesas têm acordos de mobilidades que permitem, não só que os estudantes portugueses possam ir estudar para fora, tanto na Europa, como no mundo inteiro, mas também que estudantes de outros países venham estudar para cá, não só em mobilidade temporária, mas de forma a que possam fazer a licenciatura completa aqui.

Como funciona a Universidade de Coimbra?


Como disse mais acima, atualmente estou a estudar em Coimbra, na Faculdade de Letras, no curso de Jornalismo e Comunicação. Depois de desistir do curso em que estava no Porto, Coimbra foi a minha primeira opção pela variedade e flexibilidade que oferece aos estudantes.
A universidade passou por uma reforma recentemente que permite que os alunos tenham acesso a quatro áreas de estudos que podem consultar aqui . A área de formação complementar/menor permite que escolham 5 cadeiras de outro curso da FLUC ou da Universidade de Coimbra (podem ver os cursos disponíveis no mesmo site, são 17 menores possíveis, ao todo). A área de formação geral permite alargar o conhecimento e aprendizagem para outras áreas, através da escolha de até 4 cadeiras de outro curso da UC. Em suma, o vosso leque de conhecimentos pode ser bastante amplo.
Para além disso, a UC e a Faculdade de Letras têm programas de mobilidade que permitem que os alunos estudem durante um semestre, pelo menos, num país da Europa, do Mundo, ou mesmo noutra faculdade de Portugal. Motivos não faltam para que possam conhecer vários lugares incríveis enquanto estudam em Portugal.
Mas, já que eu não passei por esta experiência, quero deixar-vos aqui como recomendação um blog onde podem encontrar TUDO o que precisam de saber para virem estudar para Portugal. A Júlia criou-o em 2016, quando veio estudar para cá, e contou toda a experiência. Podem ver tudo aqui . Ela está neste momento a fazer Erasmus em Londres e está a mostrar tudo no canal de youtube e no instagram . Claro que existem mil informações na internet acerca deste tema, e por isso eu recomendo várias pesquisas antes de virem, e também que falem com pessoas que já estão aqui para saberem tudo o que têm de fazer antes e quando de chegarem cá.


Enviar um comentário

© planyar. Design by FCD.